TOLEDO CARREIRAS

Palestra discute os impactos da Covid-19 no sistema prisional

Evento online reúne profissionais da área para analisar o panorama do sistema carcerário brasileiro

Lais Ernesto

24/06/2020

A região de Presidente Prudente concentra a maior parte das unidades prisionais do estado de São Paulo. De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, são 154 unidades paulistas, sendo 106 espalhadas pelo interior. Desde o início da pandemia de Covid-19, o estado já registrou mais de 30 mortes pela doença.


Com o objetivo de discutir o panorama carcerário brasileiro na atual situação, ocorrerá no dia 30 de junho, a palestra Impactos da Covid-19 no Sistema Prisional. A iniciativa é organizada pelo Toledo Carreiras.


Gustavo Picchi, Defensor Público em Presidente Prudente, que atua nas unidades prisionais da região e a advogada, Sofia Fromer, que atua no Núcleo Especializado de Situação Carcerária da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, são os convidados da palestra.

A iniciativa ocorre às 17h30 e para participar, é preciso se inscrever, gratuitamente, por meio do link.


Inscreva-se!


A supervisora acadêmica de estágio do Toledo Carreiras, Larissa Costa, conta que a superlotação endêmica e as condições insalubres potencializam a contaminação e expõem os profissionais e encarcerados a um grave cenário de negação de direitos.


LEIA TAMBÉM

Aluna de Direito é aprovada em Rede Internacional de Pesquisa


“Para falarmos sobre o impacto da Covid-19 no sistema carcerário brasileiro, precisamos detalhar o trabalho dos profissionais que atuam nessas demandas, reforçando o papel dos advogados e da Defensoria Pública para a adequada proteção das vulnerabilidades dos apenados”, explica a supervisora.


Costa acrescenta ainda que “a região de Presidente Prudente reúne a maior parte das unidades prisionais do estado de São Paulo e, por isso, é fundamental discutir o encarceramento no momento da pandemia, e como os profissionais da área tem atuado”.