Alunos conheceram Centro de Ressocialização

03/11/2010

Acompanhados pelo professor e também promotor público, Mário Coimbra, alunos do 6º termo C do curso de Direito da Toledo Presidente Prudente estiveram na manhã de hoje (3) no Centro de Ressocialização (CR) de Presidente Prudente.

A visita faz parte de atividades programadas para as disciplinas de Direito Penal e Direito Processual Penal, ministradas por Coimbra e que pretendem demonstrar na prática, o que é visualizado pelo aluno em sala de aula.

Na ocasião, os estudantes puderam conhecer toda a estrutura do CR, bem como biblioteca, oficinas de trabalhos desenvolvidas com detentos, salas de aulas, as celas e todo o sistema de segurança envolvido no processo.

“Nesta oportunidade, os alunos puderam conhecer na prática um pouquinho mais do que ensinamos no dia-a-dia, além de terem um contato direto com os mais de 200 presos que se encontram naquela unidade”, explicou Coimbra.

A aluna Larissa Bissoli de Almeida acompanhou o grupo e enfatizou a importância desta atividade extraclasse para o conhecimento prático de seus companheiros de classe. “A experiência foi muito marcante e conseguimos visualizar na prática o que nos foi passado pelo professor Mário Coimbra”, explicou.

Larissa falou ainda de um momento em especial que marcou a visitação dos alunos da Toledo no Centro de Ressocialização de Presidente Prudente. “Fomos até a biblioteca e lá estavam alguns reeducandos prestando atendimento. Lá foi possível conhecermos a história de algumas pessoas que cumpriam pena por tráfico de drogas, além de verificamos a situação em que foram detidos, o tempo de cumprimento da pena e outras particularidades que só havíamos visto até então na teoria”, contou.

O Centro de Ressocialização de Presidente Prudente tem capacidade para abrigar 210 reeducandos e está sob responsabilidade da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).