Gustavo Endo participa de Congresso

09/10/2007

O aluno do 4º ano de Administração da Toledo/PP, Gustavo Yuho Endo foi um dos estudantes selecionados para participar do XV Congresso de Iniciação Científica e da 7ª Jornada Científica da UFSCar, que está ocorrendo do dia 8 ao dia 11 de outubro, emhttp://www.toledoprudente.edu.br/sistemas/imagens/noticias/gustavoendosite.gif São Carlos.

 

Gustavo vai apresentar um resumo de sua monografia que tem como título “Uma análise dos modelos porterianos aplicado no setor de materiais esportivos”, orientado pelo professor Alexandre Sassaki.

 

É a primeira vez que o jovem participa de um encontro desses em outra cidade, pois já havia participado do Encontro de Iniciação Científica da Toledo em 2006 e 2007, e isso lhe trouxe uma grande satisfação. “Eu li sobre esse encontro em um site e decidi me inscrever. Acabei sendo aprovado e, graças ao apoio do professor Ronaldo Mancini, liberado para participar. Acho que será uma excelente oportunidade de aprendizado principalmente porque terei contato com estudantes de diversos locais, garanto que será uma experiência muito enriquecedora”, afirmou Gustavo.

 

Resumo do trabalho

 

Uma análise dos modelos porterianos aplicado no setor de materiais esportivos

 

Para que uma empresa consiga obter êxito na implementação de estratégias, ela deve analisar seus pontos fortes e seus pontos fracos, sob uma visão estratégica. A partir dessa ótica, a empresa pode melhor se posicionar em relação a seus concorrentes.

 

Esta pesquisa, por meio de um estudo empírico, tem como objetivo verificar qual o potencial de lucratividade e posicionamento competitivo de um grupo de empresas. Utilizando como base o modelo das cinco forças apresentado por PORTER (1980) (Poder de barganha dos fornecedores; Poder de barganha dos compradores; Ameaça de novos entrantes; Ameaças de substitutos e; Rivalidade entre as empresas do setor), foram realizadas pesquisas nas literaturas indicadores que possam avaliar as cinco forças descritas pelo autor. Em seguida, foi desenvolvida uma pesquisa de campo com empresas do setor de materiais esportivos (que envolvem basicamente quatro grande categorias: vestuário, acessórios, calçados e equipamentos esportivos) com o objetivo de avaliar os mecanismos pelos quais as forças competitivas afetam o nível de lucratividade no setor.

 

Como base de dados para a pesquisa, foram selecionados dados secundários gerados pelos relatórios 10-K, que são de periodicidade anual e apresenta uma série de informações financeiras, assim como de mercado, de empresas que têm suas ações negociadas na Bolsa de Valores da New York Stock Exchange – NYSE.